Close

11 Setembro, 2019

InovMilho reuniu 250 participantes em dia de campo em Coruche

Realizado no passado dia 4 de setembro, na Estação Experimental António Teixeira, o evento demonstrou que “o milho é uma cultura mobilizadora e com capacidade de inovação”, como é possível ler-se no comunicado da organização.

Cerca de 250 pessoas participaram nesta montra tecnológica, que se tem vindo a tornar numa referência nacional.  O InovMilho (Centro Nacional de Competências das Culturas do Milho e Sorgo) apresentou a Agenda de Inovação para as culturas do milho e sorgo, expondo um plano de ação para executar até 2025.

“A Agenda define as prioridades dos produtores e da fileira em matéria de Inovação, visando otimizar a eficiência da produção, a qualidade dos cereais e o uso dos recursos naturais (solo, água e biodiversidade)”.

O Ministro da Agricultura, Luis Capoulas Santos, participou na sessão de encerramento do Dia de Campo e destacou «o crescimento sustentado do Centro de Competências InovMilho ao longo destes quatro anos, no qual o Ministério da Agricultura orgulhosamente se insere, e que dará cada vez mais frutos, porque resulta da cooperação entre os produtores de milho e mais de 30 parceiros».

Forma dadas a conhecer técnicas e tecnologias inovadoras que potenciam a produtividade e a sustentabilidade, entre as quais “o uso eficiente da água de rega através da agricultura de conservação, a utilização de bactérias do solo na promoção do crescimento do milho ou a conservação genética de variedades tradicionais de milho e sua importância face às alterações climáticas”.

Foi revelado ainda que, no próximo dia 11 de setembro será criado, no INIAV (Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária) em Elvas, o Centro de Competências para Adaptação às Alterações Climáticas no Setor Agroflorestal.  Mais de 50 entidades do setor agrícola, entre as quais a ANPROMIS, mobilizaram-se para a constituição deste centro.